SABOR AMARGO



Porque pediu meu amor,
porque pediu minha confiança,
se levarias minha esperança.
Porque brincou comigo,
como brinca com uma criança.
Porque me fez sonhar,
se sabias que este sonho irias me tirar.
Porque me enganar,
palavras doce a me falar e
logo após, já rabiscar.
Porque está brincadeira de mal gosto,
que só deixou um gosto.
O sabor amargo da ilusão, só magoou um coração...

Tânia Faria