RASCUNHO DE POETA


Inacreditável como pode ser um rascunho de um poeta.
Rebusco por todos os lados,
mãos desenhadas com pontinhas de tinta.
Mente brilhante,
correndo bastante.
Pensamentos que voam.
Parece estar à toa.
Mas no final,
versos, sem igual.
Tudo transformado.
Poema , Realizado...


Tânia Faria