SUAVE QUERER



Ouvi dizer que perguntas por mim.
Um desejo escondido ou orgulho ferido.
Talvez queira mesmo o meu bem,
pois agora tens um outro alguém.
Talvez, bem trancado, eu esteja em teus pensamentos,
revivendo certos momentos.
Sei que dói lembrar, que um dia foi acabar.
Mas também sei que a vida quis assim.
Não creio ser o fim, mesmo como um amigo,
não desistas de mim, eu jamais desistirei de ti.
Sabemos que Deus sabe o que faz,
e porque o faz.
Mesmo sem compreender,
ele sempre escreve o certo em suave querer...


Tânia Faria