EM ALTO MAR

Quero um dia contigo estar,
Sonhar que vamos nos encontrar.
Deixe-me viajar sobre o azul do céu,
Para encontrar estes teus olhos de mel..
Suplicas suas entre o fel de minha boca.
Amanhece o dia entre seu corpo sombreando,
Nossos corpos suados depois do amor consumado.
Lençóis molhados.
Tudo aprovado, bem amparado,
Viramos um só, 
Um só no início da existência.
Sem fim ou lamento, duas almas que se transformam, um sonho,
Um segredo, não tenhas medo.
Sendo hoje o primeiro dia de nossas vidas,
Não temerei teu corpo habitar,
Teu jardim plantar, tua boca beijar.
O beijo será ainda por beijar,
Entre a chuva,
Entre a dança,
Entre a esperança. 
Nossos corpos nus se despem da alma,
Serei teu sorriso em cada momento,
Tu serás meu alento.
De pés no chão no mar que nos cobre,
Eu te agarrarei para te amar.
Em cada fragmento estarei em ti, trovadora de canções,
Valquíria de emoções.
Eu te verei crescer, entre meus braços, demos um laço.
Hoje sonho acordada.
Sempre que meu peito gritar teu nome, estarei ai e você estará aqui,
Estaremos juntos, na sincronia de amar.
Apenas o oceano em cada gota de água refresca seu cabelo,
Solto ao vento como testemunho, de um grande,
Grande e mágico amor.

DUETO: Tânia Faria e Filipe Assunção