ANJO DE AÇÚCAR


Ponto lábios vermelhos meus sonhos abertos nos teus olhos,
rosto de boneca sardento apertado no meu peito.
Fiquei meio sem jeito,tu parecias tão perfeito.
Teu olhar me encantou,teu sorriso me cativou.
Anjo de açúcar branco,troca o desejo e os braços nos meus,
faz voar os dedos e a pele,
tremer nosso enlouquecido.
Tão seus são os meus ,que acalentam meu corpo.
Envolvem minha alma,transformam minha Calma
Tu és meu mar ,meu céu,meu sonho no papel.
Este morno delirante escuro silencioso respirar apaixonante,
quadro lábios agarrados dois corpos amados e um querer único.
Meu amor agora que sou teu fica com o meu coração,
não faz sentido estar em mim.

Dueto:Carlos Manuel Alves Margarido e Tânia Faria.