UMA ALMA À VAGAR




Por mais que eu caminhe,
ainda sinto-me perdida,
as vezes pareço até sem vida.
Olhando as pessoas ao meu redor,
tentando achar um sentido melhor.
Tenho a sensação que não sou daqui,
tenho a sensação de que sempre estarei perdida,
um vazio sem medida.
Nada me satisfaz,
alguns dias nem sou capaz.
Uma alma vagando,
não encontrando um caminho a tomar.
Apenas... Uma alma à vagar.

Tânia Faria