SILÊNCIO




Um silêncio sombrio,
um olhar tão vazio.
Uma escuridão profunda,
um chão que se afunda.
Solidão que quer ficar,
um amor que não vai voltar.
Minha alma perdida,
no coração muitas feridas.
Não sei até quando aguentar,
essa vida que não vai mudar.
Uma voz gritando,
mas ninguém escutando...

Tânia Faria